segunda-feira, 13 de julho de 2020

Atitudes sustentáveis

Sustentabilidade é um termo usado para definir ações e atividades humanas que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações. Etimologicamente falando, a palavra sustentável tem origem no latim sustentare, que significa “sustentar”, “apoiar” e “conservar”.
Como definição específica encontramos variações, mas em essência sustentabilidade é um conceito relacionado ao desenvolvimento sustentável, ou seja, formado por um conjunto de ideias, estratégias e demais atitudes ecologicamente corretas, economicamente viáveis,socialmente justas e culturalmente diversas.
Assim, podemos dizer que a sustentabilidade é apoiada por três pilares, que são: econômico, social e ambiental e vai muito além de responsabilidade com o meio ambiente, já que é um conceito abrangente e que agrega questões internas e externas das empresas.
Falando especialmente das instituições do mercado eventos, o conceito sustentável é aplicado com maior foco na ecoeficiência, ou seja, em ações ecológicas com o objetivo de proporcionar uma melhor experiência para as pessoas e impactar  o menos possível a natureza, além de gerar valor para a marca a partir de práticas conscientes.
Entendemos então a importância da discussão acerca da sustentabilidade e como as empresas podem investir em desenvolvimento sustentável e assim construir uma cultura com intuito de diminuir os problemas ambientais causados pelos seres humanos e enxergar a possibilidade de monetizar com uma atividade mais responsável e continuar a entregar festas de casamento, aniversários, confraternizações e diversos outros eventos com a mesma qualidade, ou melhor.
Gestores com pensamento exponencial no modo de conduzir seus negócios têm maior capilaridade no mercado e conseguem atrair o público-alvo em maior potencial, principalmente nesses novos tempos, em que as pessoas estão ressignificando o modo como se relacionam com o planeta e visam diminuir os impactos negativos na natureza.
Observamos em diversos setores, a crescente cobrança da sociedade em saber sobre como as organizações se relacionam com o mundo, desde suas práticas ambientais, até seus processos de desenvolvimento de produtos.
No universo dos cosméticos por exemplo, as marcas ‘cruelty free’, ou seja, não fazem testes em animais, têm cada vez mais conquistado posicionamento, o que claramente demonstra que além do produto, o propósito daquela empresa tem grande relevância para aquele consumidor.
Contudo, precisamos ressaltar que não é suficiente somente anunciar: “somos uma empresa sustentável”. Para que isso seja verdade, é necessário aplicar diariamente o desenvolvimento sustentável com planejamento, levando em consideração a intervenção do ambiente interno e externo da instituição, além de envolver a participação da equipe e claro também do cliente.
É essencial que a cultura organizacional seja transformada nessa direção e principalmente quando se trata de um local para eventos, é importantíssimo engajar atitudes conscientes das pessoas, para que assim o poder de disseminação seja aproveitado ao máximo e a missão institucional, de fato vire realidade.
Sustentabilidade está em alta, pode agregar valor, mas não deve apenas ser uma ação de marketing. É preciso seriedade, definir investimentos nessa área, aplicar mudanças estruturais e revisar atitudes que prejudicam os recursos naturais e assim, os preservaremos para as futuras gerações.
Por: Levy Seiya Maed, sócio fundador e diretor da Villa Mandacaru, empresa especializada na realização de casamentos sustentáveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário